fbpx

Os 5 maiores apagões de dados dos últimos anos

 

A falta de segurança de dados e o descuido em serviços de backup e monitoramento resultam em grandes prejuízos, como os apagões de dados. Ainda é grande o número de empresas que não investem nessa segurança, e insistem dizer ser um gasto opcional, pensando que nada de mal vai acontecer, mas quando acontece, o preço a se pegar é bem alto. Não só em dinheiro, como em dados perdidos e segurança rompida.

Preparamos uma lista com os 5 maiores apagões de dados dos últimos anos, para mostrar a importância de investir em um bom serviço de segurança de dados:

 

  • 1º Caso: Penitenciária Britânica – British Home Office

 O governo britânico perdeu dados de 84 mil prisioneiros da Inglaterra e Gales, além de dados pessoais de 33 mil pessoas com seis ou mais condenações no período de 1 ano, o que equivale a cerca de 10 mil infratores de alta prioridade.

O motivo da falha? Descuido de um funcionário que guardou TODOS os dados dos servidores da penitenciária em um pendrive e que, como vimos, perdeu o dispositivo.

 

  • 2º Caso: Toy Story 2

Esse é mais um caso de descuido. A falha de um funcionário apagou 90% do filme Toy Story 2 dos servidores, para piorar a situação, o backup do sistema já não funcionava há meses. No caso do apagão do Toy Story 2, a Pixar esteve entregue à sorte, puramente sorte, pois uma funcionária trabalhava home office e, por isso, tinha uma parte da gravação salva no computador. A partir disso, a empresa garante que cuida melhor da segurança dos dados e não entrega mais as obras à sorte ou azar.

 

  • 3º Caso: Companhia bancária norte-americana JPMorgan Chase

O vazamento de dados da JPMorgan Chase envolveu nomes, e-mails, endereços e números de telefone de cerca de 76 milhões de domicílios e 7 milhões de pequenas empresas. Esse caso é um dos maiores casos de roubo de dados da história. Os criminosos invadiram o sistema usando credenciais de um funcionário do banco. Nesse caso, a JPMorgan não usava o método de autenticação em dois passos, o que facilitou para a invasão de pelo menos 90 servidores.

 

  • 4º Caso: Hospedagem de sites – DreamHost

 A DreamHost, um dos serviços de hospedagem de sites mais famosos do mundo, cometeu uma falha que resultou no comprometimento de dados de mais de 700 sites e 3500 contas FTP em seus servidores. Os clientes da empresa também relataram que os sites estavam fora do ar, enquanto a DreamHost tentava corrigir um problema em seus roteadores. O que aconteceu nesse caso, foi que os scripts usados pela empresa estavam apagando registros de DNS, devido a um bug IOS. Em resumo, essa grande falha teria sido evitada apenas com uma atualização da plataforma após o lançamento do novo update.

 

  • 5º Caso: Apagão da CNPq

O apagão de dados da CNPq não poderia ficar fora dessa lista. O caso levantou pauta sobre a importância da segurança de dados no Brasil e as consequências da falta dela. Os cientistas e pesquisadores brasileiros ficaram sem acesso aos dados de pesquisas, além da pausa em editais, bolsas e prestações de contas. A falha no sistema foi provocada pela queima de um dispositivo onde as plataformas estão hospedadas, o que teria ocorrido durante a migração de dados para um novo servidor.

Como podemos ver, cuidar da segurança dos dados não é um gasto opcional, mas sim um investimento que livra as empresas de prejuízos e garantem tranquilidade. Por isso, invista na segurança dos seus dados. Na Dataside você conta com profissionais capacitados e serviço de monitoramento disponível 24h por dia e 7 dias por semana. Conte conosco para proteger seus dados.  💙

 

Referência: TechMundo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts recentes